TEXTO, TEXTUALIDADE E ENSINO

Na miscelânea das teorias, na miríade dos nomes e no caleidoscópio das ideias sobre ensino-aprendizagem de língua e literatura, há diversos caminhos possíveis. Este blog propõe esta discussão vista por diversos ângulos.

domingo, 10 de abril de 2011

O TEXTO


O texto vende produtos. Fecha contratos. Garante a paz internacional. É um texto que garante a união de quem se ama. Também é um texto que nos assegura um nome, uma data de nascimento e uma família.
O texto nos garante heranças. É o texto que nos permite fazer rir e fazer chorar. O texto imortaliza o homem. O texto aproxima quem mora longe e distancia quem está próximo demais. É o texto que permite ao psicólogo ajudar o paciente e ao médico indicar a medicação.
É um texto que nos permite dirigir todos os dias e que nos permite votar para presidente, deputado, prefeito. Aliás, é por meio dos textos que a política e a lei existem. Um texto nos permite exercer uma profissão. É ele que nos permite comprar e pagar pelo que compramos.
É o texto que guia nossas viagens, que expande nossos horizontes e que nos dá uma identidade.
Finalmente, é o texto que um dia há de atestar minha morte e é, ainda, o texto que, gravado em meu túmulo, vai contar a alguém quem fui e se fui realmente alguém.

Um comentário:

  1. somos da matéria dos sonhos - e dos textos também, belo escrito Leandro.

    ResponderExcluir